O QUE É A OBL?

A Olimpíada Brasileira de Linguística é um evento aberto e gratuito, que acontece desde 2011, instigando seus participantes a ampliar suas habilidades lógico-analíticas, sua intuição linguística, e sua visão sobre os povos do mundo, a partir de uma abordagem interdisciplinar.

Suas quatro etapas (online, em papel, ELO e olimpíada internacional) permitem diferentes graus de envolvimento dos participantes – entre estudantes de Ensino Fundamental e Médio, e pessoas em geral. Com a experiência das edições anteriores, a olimpíada firmou-se como um fascinante instrumento de imersão multicultural, trazendo à luz diversos temas do mundo das línguas, da linguagem, dos códigos e da cognição humana.

Veja Mais

SOBRE A KHIPU

Para sua décima segunda edição, a olimpíada retoma a metáfora do laço de sua primeira edição, a Kytã. Nesse caso, a palavra para nó, khipu, vem dos Andes, da língua quechua falada em boa parte dos territórios do Peru, Bolívia e Equador (e também em regiões fronteiriças da Colômbia, Argentina e Chile). Os Andes, uma das maiores cordilheiras do mundo, possuem uma grande diversidade linguística: das línguas timoteanas do norte da Venezuela, passando pelas populosas línguas aymara e quechua do altiplano central, e chegando no mapudungun do centro-sul do Chile. Khipu também é o nome de um sistema específico de cordas com nós usados durante o Império Inca, que não foi totalmente decifrado; sabemos que representava números e informações administrativas, mas possivelmente funcionava como um sistema completo de escrita! Isso tornaria os khipu um dos únicos sistemas de escrita que não é composto de riscos sobre uma superfície, mas nós em uma série de cordas.

Khipu, então, evoca a importância histórica do Império Inca (ou Tawantinsuyu, em quechua) na conformação política e étnica do nosso continente. Estendido como uma espinha dorsal ao longo do continente, esse império conformou decisivamente as estruturas sociais e culturais dos povos andinos, mas também de outros povos no Caribe, na Amazônia, no Cerrado, nos Pampas, que interagiam direta ou indiretamente com eles – antes de se ouvir falar de qualquer povo europeu por aqui. Essa rede de relações e movimentos segue viva hoje, por exemplo na forma da forte imigração de andinos para as cidades brasileiras nas últimas décadas, motivados por questões econômicas e trazendo junto, de presente para nós, muitos elementos da sua cultura e da sua maneira de ver o mundo. Fazendo um paralelo, é assim, com fluxos e laços enovelados, que a OBL procurou se mover nos últimos onze anos, unindo diferentes histórias, pessoas, descobertas, experiências e encantos, usando as culturas, as línguas e a mente humanas como fio. Com esses nós escrevemos o mundo.

COMO SÃO OS PROBLEMAS DE LINGUÍSTICA?

Os problemas de linguística envolvem o desvendamento de línguas e códigos desconhecidos aos estudantes, fazendo convergir elementos de estruturas lógico-cognitivas com insights sobre a diversidade de culturas e falares do mundo. Eles são autossuficientes: não é necessário nenhum conhecimento prévio específico para resolvê-los ou se divertir com eles! Teste você mesmo com um exemplo:

A língua rapa nui, falada na Ilha da Páscoa, que hoje possui apenas cerca de 3.000 falantes nativos, exibe diversos fenômenos interessantes, entre eles a forma de marcar posse. Veja alguns exemplos:

Como se diz, em rapa nui, "microfone dele/dela", "corpo de Orohe", "meu cheiro"?

a) tā'ana microfono, hakari o 'Orohe, tā'aku 'eo

b) tō'ona microfono, hakari 'a 'Orohe, tō'oku 'eo

c) tā'ana microfono, hakari o 'Orohe, tō'oku 'eo

d) tō'ona microfono, hakari 'o 'Orohe, tā'aku 'eo

QUER SABER A RESPOSTA? VEJA ESTE VÍDEO!

EDIÇÃO KHIPU (2022-2023)

EM 2021

4052

Participantes

903

Escolas

141

Medalhas

9

Mascotes

PARTICIPE

E contribua para a sustentação da olimpíada.

Mirim

Participam desta categoria estudantes do 5º ao 8º anos do Ensino Fundamental. Sua escola não precisa estar inscrita para você participar!

Inscreva-se

Regular

Participam desta categoria estudantes do Ensino Médio e do 9º ano do Ensino Fundamental. Sua escola não precisa estar inscrita para você participar!

Inscreva-se

Aberta

Participam dessa categoria quaisquer pessoas interessadas: estudantes universitários, pais, profissionais de diversas áreas. Se você gostou do que viu até agora, participe!

Inscreva-se

BAIXE SEU APP

Baixe o app da Olimpíada Brasileira de Linguística e faça sua prova.